sábado, 12 de junho de 2010

Histórias de Motel 2


Dia dos namorados, que melhor lugar pra se comemorar do que em um motel? Pois é, ai vai mais uma história desse lugar que mexe com a imaginação de muitos.


Ricardo e Jessica resolveram dar uma esquentada na relação e partiram pra um motel...naquele dia o motel estava movimentado, muita gente resolveu ter a mesma idéia.

Pegaram um quarto, deram uma observada no estabelecimento (acho que todo mundo tem o costume de olhar todos os detalhes do quarto).

Quarto bonito, tudo em ordem, hora de "namorar". Mas eis que um detalhe lhes prendeu a atenção:

Um casal, em um quarto ao lado, gritava demais, mas muito. Gemidos e gritos altíssimos.

Ricardo e Jessica não se continham e cairam na risada. Acabava sendo dificil ficar com tesão no meio daquela gritaria ao lado.

Ao meio as gargalhadas, resolveram ter a seguinte idéia: gritar também... só pra ver se o casal ficava quieto.

Encostaram o ouvido na parede e começaram a gritar:
-Ah, Isso, Não Para, vai... (etc, etc, etcetera....)

Mas acontece que ao invés disso, o casal ao lado resolveu gritar ainda mais alto...e acabou gerando uma disputa de gritos e gemidos...

Demorou certo tempo até que o casal ficasse em silêncio e finalmente desse um pouco de privacidade a Jessica e Ricardo... mas com certeza lhes proporcionaram momentos que até hoje causam gargalhadas dos dois.



Você tem uma história de motel de alguém conhecido, ou que tenha ouvido, ou sua própria e quer ver aqui no chapeleta? Deixe seu comentário ou envie para chapeletaroxa@gmail.com.



Valeu pessoal.


Feliz dia dos namorados a todos os que tem namorados (a)...os que num tem...S-E-F-U-D-E-U.....HSUAHSUAHUSAH (ou não)

3 comentários:

Paulo Dionísio disse...

Hahahha. Simbora gemer então.

Tiago F. Silva disse...

ou não...

Tassyane disse...

Ou não...

Hahahaha

Tive que rir! :P
Beijão, querido!