quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Raspadinhas do Rio

Acho que muita gente não deve ter visto este comercial e vice e versa. O legal mesmo é que tem uma versão diferente depois da primeira. E o Costinha é fera! Sem comentários.


sábado, 11 de setembro de 2010

É melhor guardar as camisinhas no carro do que na carteira

É meus caros amigos. Vivendo e aprendendo. Cliquem na imagem para ver a proeza do cidadão.


quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Amendoim

Lendo neste link aqui, que o amendoim pode ajudar no desempenho sexual.

E como todos dizem, acaba virando verdade, pela força do pensamento.

E de repente lembrei de um causo que o amendoim foi o vilão.

Lopes estava cansado e estava reclamando que ao chegar em sua casa não iria dar conta da sua esposa. E Claudionor teve uma brilhante ideia. Disse para o seu amigo Lopes, para comer amendoim, pois existe o ditado que costuma a ajudar na cama.
Então Lopes, foi no bar perto de seu trabalho e comprou 10 pacotinhos de amendoim. E comeu um atrás do outro.

Chegando em sua residência, sua esposa já esperava na cama. Com aquelas lingeries sexy.
Só que porém, o amendoim começou a dar um efeito contrário, e Lopes disse para a sua esposa que ia ao banheiro e já voltava.
Lopes demorou meia hora no banheiro e quando saiu sua esposa já estava dormindo.

Ele culpou o amendoim lógico. Assim como dizem que o amendoim traz benefícios, pode trazer males também.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Sexo no telefone

Gérson era um rapaz tímido. Cansado por não ter sorte com as mulheres  (a culpa sempre foi dele por não chegar a nenhuma) seu amigo Adonis lhe dá um número de telefone. Era o tal do Tele-Sexo.
Como os pais de Gérson não costumavam entrar no seu quarto, para ele não tinha real perigo, chegou da escola e foi direto para o quarto.
Ele criou coragem e ligou. Então o papo começa a desenrolar, nome daqui, como você é dalí e por vai.
A moça do outro lado do telefone lhe sugeriu tirar a foto, para ficar no clima. E o Gérson não pensou duas vezes. Tirou tudo! Em um momento de tesão, ele começa a gritar:
- Assim você me mata! Assim você me mata! - dizia o excitado garoto.
A mãe de Gérson saindo do banheiro escuta tudo, e com medo, não pensa duas vezes para abrir a porta do quarto de Gérson.
E pela ansiedade, Gérson não tinha fechado a porta de seu quarto.
O garoto estava nu, de meia, com o telefone em uma mão e o seu brinquedo em outra mão.