sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Ele não é grande coisa

Certa vez, um grupo de amigos, foi pra balada, com um simples intuito de pegar a mulherada.
Logo no começo, um dos rapazes se da bem, e tira a sorte grande, já pegando uma de cara.
Um dos rapazes desolado, pois a noite para ele estava complicada, resolveu tomar algumas e se isolar, dançando só na pista, quando olha pro lado e vê uma moça triste e só.
Conversa vai e conversa vem a coisa estava difícil para ele, que ao olhar do lado se depara com outra moça, sozinha também, e encosta do lado dela.
Ele começa a reparar que a moça está afim, porém ela começa a dizer que viu este rapaz  estava dando em cima de outra, e o pobre coitado, diz que a moça era a tua prima.
Ela, lógicamente não acreditou, o rapaz desolado vê teu amigo chegando e logo de cara já pergunta, se aquela moça que ele investira antes não era tua prima.
Teu amigo na hora disse que era, ajudando assim, o teu amigo que fez tua parte e se deu bem.
Na saída quando estavam todos, este amigo dele, pergunta para a moça se ela não passaria teu telofone para ele, e ela disse que não, pois ele não era grande coisa.
Será que era de pegada ou sabia que era mentiroso?

Um comentário:

MARCOS LEITE disse...

meu amigo,obrigado, seu blog tambem é interessante!

gosteria de fazer parcerias?,eu clocava seu link de teu blog,em meu links!e você colocava nos seus links meu blog!