quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Salão de Cabeleireiro



Sábado de tarde:

- Amor, vou ao salão ta? - diz a esposa para o seu marido.
- Tudo bem amor - concorda o marido que vai aproveitar para ver um jogo de futebol e beber suas cervejas.

Segunda-feira no mesmo horário:

- Mor, estou saindo, beijão - diz rapidamente e fecha a porta.

Terça-feira:

- Amor...
- Espera! - interrompe o marido. Por que a necessidade de ir todo dia na Maria cabeleireira?  Por que mulher vive no salão de cabeleireiro?
 - Porque mulher mal informada não é nada nessa vida.

Acho que agora nós homens entendemos né?

2 comentários:

Camila Paier disse...

HAHAHA quem dera. Acho que isso se dá mais em cidade pequena, já que aqui em Porto Alegre, e mais especificamente no meu bairro, há pelo menos dois ou três salões, em cada quadra HEHE
E mais: com essa era internética, as fofocas voam muito mais rápido: MSN, Orkut e Twitter denunciam sempre, e atentas que somos, pegamos no ar!
Um beijo

Tassyane disse...

Hahaha... Boa! Mas uma pena que já foi essa época, hoje em dia vamos ao salão por necessidade e vaidade, não mais pelas fofocas.

Querido, saudades!
Beijos, Paulinho!