segunda-feira, 26 de abril de 2010

Três ângulos de uma mesma história

João Henrique, foi comemorar a virada de ano na casa de sua amiga. E como todo bebum, adora inventar uma história para beber, começou a encher a cara discaradamente. Os amigos já sabiam que ele era um pé de cana, os parentes também, ainda mais na virada, ninguém iria dizer nada.
João Henrique começou a beber sem parar e ficou até descalço na casa de sua amiga, alías ele se sentia em casa. Passado dez minutos da virada, João Henrique percebeu, que não deu feliz Ano Novo para Tobias, seu grande amigo.
Procurou pela casa toda mas nada dele. Então, João Henrique resolveu sair sozinho, descalço com uma garrafa de vinho em sua mão.
Gritava pelo nome de Tobias, mas nada. Até que uns dez quarteirões em sua frente, João Henrique vê duas moças, sozinhas, e resolve perguntar do paradeiro de seu amigo, como se elas o conhecesse. Só que uma delas pede um gole da garrafa de vinho, ele prometeu dar, mas com uma condição, se ganhasse um beijo.
A moça ficou sem jeito, mas a amiga dela animou a amiga, dizendo que ele era bonitinho e tal.
Os dois começam a se pegar, o prometido gole de vinho foi dado, e João Henrique resolve, acompanhar as moças até a suas devidas residências.
João Henrique queria ficar de boa com a moça, mas tinha a amiga, ele olha de longe um homem acenando para eles. Esse homem trabalha no DAE (Departamento de Água e Esgoto). Ele pergunta, se João Henrique não queria conhecer o local, assim ele poderia ficar nos amassos, e o rapaz que trabalha no DAE, poderia ficar com a sua amiga. Havia alguns locais que eles não poderiam ir, pois, tinha câmeras.
João Henrique já tinha visitado o DAE, mas nunca se interessou em conhecer, ainda mais aquela noite.


Lúcia e Roberta não tinha lugar para ir na virada de ano, desempregadas e duras, decidiram em passar a virada na avenida. Bem pensando pois, há muita gente, não precisa pagar para ir, e quem sabe arranjam um gatinho pela rua.
Elas viram um rapaz estranho, grande e desengonçado que deixou cair no chão uma nota de R$100 reais. Lúcia deu a ideia de grudar no rapaz, sendo que  Roberta não gostou da ideia, mas, passar a virada sem beber, não era legal.
Lúcia perguntou o nome do rapaz, e seu nome era Tobias, estava muito bêbado e não que Lúcia e Roberta eram lindas, e nem feias, mas na situação de Tobias, elas eram as Deusas da noite.
As garotas não costumam chegar puxando papo com Tobias , então ele começou a gastar com elas, e cada vez que gastava ficava mais bêbado ainda.
Roberta perguntou aonde Tobias estava, ele disse que estava na casa de uma amiga e seus familiares e desmaiou.
Lúcia sugeriu para Roberta, irem embora, e deixar  Tobias alí. E deram no pé, indo embora para casa delas, até que deparam, meia hora depois, com um rapaz bêbado, descalço, com uma garrafa de vinho na mão.


Manoel acorda com um telefonema. Era seu amigo Tobias, perguntando se ele iria trabalhar hoje. Manoel responde que sim, que não pode faltar do seu trabalho. Mas como assim?!
Tobias disse para Manoel que acabará de ganhar uma nota em dinheiro, e que queria passar a virada com seu amigo. Que se dane o trabalho no DAE!
Manoel diz que não pode, e Tobias bravo, diz que tem que desligar o telefone, o João Henrique estava chamando ele.
Quem seria João Henrique? - pergunta consigo mesmo o Tobias.
Tobias não podia largar o trabalho no DAE, ganhava bem, seu avô e seu pai já tinham trabalhado no DAE, e perdido várias viradas de ano. Era uma questão de honra e orgulho.
Passado a virada de ano, Tobias vê várias pessoas passando, bêbadas, comemorando, carros buzinando alto em frente ao seu trabalho.
Não que Tobias fosse um arruaceiro, mas passar a virada alí não dava. Até que ele avista três pessoas, um cara trançando as pernas abraçado com uma moça e uma garrafa de vinho na mão, e outra moça, só. Ele acena para os três, que vão em sua direção. O rapaz brinca, dizendo que era uma hora horrível para trabalhar.
Tobias concorda, e pergunta ao casal, se eles não querem conhecer o local, mas que tivessem apenas cuidado com alguns locais, pois havia câmeras. O casal foi conhecer o local de trabalho de Tobias afinco.
A ideia de Tobias era ficar com a moça que sobrou, mas, ela não parecia muito afim.

4 comentários:

Pormenorys disse...

tadinhu do tobias kkkkkk´nota10 k

WiLL disse...

SAUHASUHASUHASUH
Tudo issoo pro cara num pega ninguem e ter q trabalhar na virada do ano ainda !!!

scmc.senaibnu disse...

aahahhaha adoreii
pior que trabalhar no ano novo é
trabalhar no ano novo com esgoto
;/ tadinho do tobias, tudo pela honra.

http://p-aovento.blogspot.com/
visita lá ;D

Vilander Costa | Vilandão disse...

numtendioqueelefalo


hsuahsuahuh